Fotos de museus

Não tenho certeza de que você um dia poderá visitar o museu do Cairo, pois não é que gostam tanto assim da gente por aquelas bandas. No entanto uma parte da nossa história está exposta nas redomas deste museu. Veja tudo o que se diz nas salas de aulas nestes objetos únicos, que não chegaram a ser roubados por caçadores de antiguidade. Testemunhe os seguintes fatos: como diz a Torá, os antigos egípcios eram negros, da etnia do que seriam hoje os etíopes Amharis ou Tibris. Uma grande parte das estátuas representam negros, inclusive os faraós vinham muitas vezes da numíbia, antes de ter sido colonizada por fenícios ou por romanos.



Fotos do Museu do Louvre, em Paris


Observe os exemplares de escrita antigos, de civilizações que já não voltarão mais.



Da wikipédia:
O Museu do Louvre (Musée du Louvre), instalado no Palácio do Louvre, em Paris, é um dos maiores e mais famosos museus do mundo. Localiza-se no centro de Paris, entre o rio Sena e a Rue de Rivoli. O seu pátio central, ocupado agora pela pirâmide de vidro, encontra-se na linha central dos Champs-Élysées, e dá forma assim ao núcleo onde começa o Axe historique (Eixo histórico).

É onde se encontra a Mona Lisa, a Vitória de Samotrácia, a Vénus de Milo, enormes coleções de artefatos do Egito antigo, da civilização greco-romana, artes decorativas e aplicadas, e numerosas obras-primas dos grandes artistas da Europa como Ticiano, Rembrandt, Michelangelo, Goya e Rubens, numa das maiores mostras do mundo da arte e cultura humanas. O museu abrange, portanto, oito mil anos da cultura e da civilização tanto do Oriente quanto do Ocidente.

O Louvre é gerido pelo estado francês através da Réunion des Musées Nationaux.

O acervo do Museu do Louvre possui mais de 380 mil itens e mantém em exibição permanente mais de 35 mil obras de arte, distribuídas em oito departamentos. A seção de pintura é a segunda maior do mundo, logo atrás da do Museu Hermitage, com quase 12 mil peças, sendo que delas 6 mil estão em exposição permanente.

Antigüidades egípcias

Com mais de 50 mil objetos, que atestam o profundo interesse francês na área da egiptologia no século XIX, abrange os períodos desde o Antigo Egito até a arte copta, incluindo os períodos helenístico, romano e bizantino, e seu conjunto oferece uma ampla visão da cultura e sociedade egípcias em todos os seus aspectos. Este departamento foi criado em 1826 por decreto de Carlos X, impressionado pela atuação do egiptólogo Jean-François Champollion. O acervo cresceu com as remessas de achados arqueológicos das expedições francesas ao Egito.

Instalado na Ala Denon e em salas do Cour Carré, a coleção inclui arte, papiros, múmias, amuletos, vestuário, joalheria, instrumentos musicais, jogos e armas. Dentre as peças mais interessantes estão o famoso Escriba sentado, uma faca de pedra e marfim de Gebel-el Arak com punho decorado com cenas de guerra e de caça, a Estela do Rei Serpente, a cabeça do rei Djedefre, a estátua de Amenemhatankh, o Portador de oferendas, o busto de Akhenaton, e a estátua da deusa Hator, além de sarcófagos ricamente pintados, frascos para cosméticos e objetos votivos.

Antiguidades do Oriente Próximo

Este departamento se concentra na história e arte do Oriente Próximo desde as primeiras civilizações até antes da presença muçulmana na região, e seu desenvolvimento acompanhou o desenvolvimento da arqueologia oriental na França. As primeiras aquisições ocorreram por obra de Paul-Émile Botta, que em 1843 realizou uma expedição a Khorsabad, e seus achados deram origem ao Museu Assírio do Louvre. O conjunto foi ampliado com as peças encontradas por Claude Schaeffer em Ras-Shamra e por André Parrot em Mari, na Síria. A coleção é particularmente notável pelas peças da Suméria e da cidade de Akkad, como a Estela dos Abutres, as estátuas de Gudea e de Ebih-il, touros alados de Khorsabad, capitéis tauromorfos e painéis de azulejos esmaltados de Susa, e o Código de Hamurabi.

Fotos do Museu Quai d'Orsay


Este delirante museu de Paris permite que se tire fotos dos quadros! Os originais de Van Gogh, Renoir, Monet e tantas outras obras deslumbrantes podem ser vistas de perto em toda a riqueza de seus detalhes. Absolutamente imperdíveis. Têm quadros que foram concebidos para serem dispostos em determinados ângulos e por isto parecem ser deformados. São efeitos de perspectiva que, do lugar onde foram pintados e expostos originalmente, aparecem em toda a sua perfeição. Confira, e depois pense em visitar:
 

Modelo spyka webmaster você pode baixar em Just Free Templates.

Site hospedado por www.000webhost.com